Destino SC: São Joaquim é a terra do frio e da maçã

Além da neve e da geada, turistas também podem aproveitar o roteiro da maçã

Aline Rebequi
Aline Rebequi


Florianópolis

Débora Klempous/ND
Funcionários selecionam maçãs em empresa que tem roteiro turístico em São Joaquim

Quem visita São Joaquim não deixa de perceber que a imagem da maçã está por todos os lados. Nos portais de entrada e saída da cidade, nas placas que indicam o nome de ruas, pousadas e restaurantes e até nas calçadas. Tudo porque o município ostenta o título de Capital Nacional da Maçã. A safra anual é de 360 toneladas da fruta.

A produção é considerada a principal fonte econômica de São Joaquim. Só depois é que vem o turismo. E para unir os dois, está entre os roteiros turísticos da cidade o roteiro da maça. Nele, o turista experimenta a gastronomia típica e conhece as técnicas de produção da fruta que envolve mais de 700 fruticultores.

O roteiro inicia com degustação da maçã, depois segue para uma das cooperativas da cidade onde o turista conhece o processo de produção da fruta, da colheita ao acondicionamento da maçã e o transporte para os grandes centros do Brasil.

Como maior cooperativa de São Joaquim, a Sanjo é formada por 82 associados, que produzem mais de 40 toneladas por ano. Segundo o chefe do setor de produção, Gilson Camargo, o clima frio e úmido e a altitude de São Joaquim propiciam as condições para a produção de maçãs. Elas precisam de 700 horas de frio abaixo de 7,2ºC para se desenvolverem bem. “Na Serra catarinense, isso é possível, por isso, a qualidade da fruta é uma das melhores do Brasil”, enfatiza Camargo.

Quem não trabalha no turismo produz maçã

Em São Joaquim, como nos demais municípios da Serra catarinense, os moradores da região ou estão ligados ao turismo ou a produção de maçãs. “É uma característica muito forte da região. Mesmo quem trabalha no comércio precisa estar atento a estes dois setores. Tudo está ligado à imagem da maçã e a do frio”, diz o gerente de produção da cooperativa.

Somente na Sanjo trabalham mais de 450 funcionários que verificam as categorias e a qualidade das maçãs manualmente. Em um ano são classificadas 140 toneladas da fruta. “Temos máquinas que pesam e separam por leitura óptica, mas o olhar do funcionário não é dispensado. Ele verifica fruta por fruta para ter certeza que a máquina não deixou nada para trás”, explica Gilson Camargo.

 

Serviço

Sanjo – Cooperativa Agrícola de São Joaquim

Visitas: segunda a sábado às 8h30, 10h30, 14he 16h e aos domingos às 13h. O passeio tem duração de 1h30.

Quanto: gratuito

Agendamento pelos telefones: (49) 3233-0012 / (49) 3233-1577

 

RECEITAS

 

Bolo Dourado

- Maçãs em fatias

- 3 ovos

- 1 e ½ xícaras de margarina

- 2 xícaras de açúcar

- 1 xícara de leite

- 1 colher de fermento em pó

- 3 três xícaras de farinha de trigo

Modo de preparar: Bata a manteiga e o açúcar até ficar cremoso. Pouco a pouco acrescente as gemas, a farinha de trigo, o fermento e o leite até ficar uma massa bem fofa e, por último as claras em neve. Coloque a massa em uma forma untada e cubra com as fatias de maçã. Leve ao forno para assar até dourar.

 

Maçãs do amor com neve

- 1 xícara de água

- 2 xícaras de açúcar cristal

- ½ xícara de glucose de milho

- 1 colher (sopa) anilina vermelha

- 6 maçãs vermelhas

- 6 palitos de sorvete

- Azeite para untar

- Coco ralado

Modo de preparar: Espete a base da maçã com os palitos de sorvete. Reserve. Unte uma assadeira com azeite. Em uma panela, misture o açúcar cristal, a água,a glucose de milho e a anilina vermelha. Leve ao fogo, mexendo sempre até ficar em ponto de bala dura. Passe as maçãs na calda,envolvendo-as completamente. Coloque-as na assadeira untada, polvilhe com coco ralado e espere esfriar.

 

Publicado em 06/07/11-08:30


Matérias relacionadas