Morro do Horácio enfrenta falta de água e problemas na rede de esgoto

A Casan garantiu que os problemas devem estar solucionados neste sábado (3). A empresa afirmou que moradores jogam objetos na rede

Emanuelle Gomes
Emanuelle Gomes
Jornalista (formada pela UEPG), repórter de Cidade do ND, apaixonada pela profissão


Florianópolis

Daniel Queiroz/ND
Jacinai está há um mês com a roupa acumulada por problemas no fornecimento de água

 

Moradores do Morro do Horácio, no bairro Agronômica, enfrentam dificuldades com sistema de esgoto e abastecimento de água. Na tarde de sexta-feira (2), um problema na rede provocou extravasamento do esgoto na rua Antônio Carlos Ferreira e causou revolta da vizinhança. Quatro casas na servidão Daniel Gomes Caldeira estão com deficiência no recebimento de água há um mês.

“Fica um mau cheiro e não dá para andar na calçada, porque os carros passam e jogam o esgoto na gente”, contou Lilian Gaspar de Almeida, que mora em frente à rua com vazamento. Segundo Adriano Santos Rodrigues, o pessoal da Casan (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento) esteve no local na quinta e ficou de encaminhar um caminhão pipa para desentupir a rede. “Está o dia inteiro assim e ninguém veio arrumar”, afirmou.

Além disso, Ana Maria Costa, 47, reclamou da falta de água que há um mês incomoda quatro famílias que moram na servidão. “Não tem como lavar roupa. Minha sogra está doente, precisa de água. Tivemos que comprar bobonas. Fui pessoalmente à Casan e ninguém fez nada”, relatou. A vizinha dela Jacinai Maria Bento mostrou as roupas e louças que se acumulam. “Vem só de madrugada muito pouco. Depois que mexeram na rede começou isso”, lembrou.

O diretor regional de Florianópolis da Casan, Marcelino Dutra, disse que a empresa de manutenção e limpeza de fossas estava programa para ir ao Morro às 13h de sexta. “Eles tem de 24 a 48 horas para arrumar o problema. Com certeza hoje (sexta) à noite a situação deve ser normalizada”, garantiu.

Segundo Dutra, o problema acontece porque os moradores jogam objetos na rede de esgoto. “Já encontramos roupas, mantas e até cabeças de bonecas. Pedimos o uso inteligente da rede”, explicou. Dutra também garantiu que uma equipe de plantão da Casan vai verificar a situação da falta de água na servidão ainda neste sábado.

Publicado em 02/12/11-19:29