Pelo menos dez pessoas ficam feridas em acidente entre ônibus argentino e carreta em Palhoça

Ao ser atingido pelo caminhão, ônibus tombou na vala que divide as pistas da BR-101 no trevo da Pinheira

Ana Carolina Vilela
Ana Carolina Vilela


Florianópolis

Rosane Lima/ND
Acidente entre ônibus argentino e carreta BR-101 em Palhoça
No sentido Sul da BR-101 há registro de três quilômetros de congestionamento e a liberação deve ocorrer somente no final da tarde desta sexta-feira

 

Um grave acidente parou a BR-101 por volta das 11h20 desta sexta-feira (30), na altura do viaduto da Pinheira, em Palhoça. Um ônibus argentino tombou na vala que divide as pistas ao ser atingido por uma carreta que não conseguiu frear a tempo. A princípio pelo menos dez pessoas ficaram feridas, três com gravidade. O motorista do caminhão, ainda não identificado, ficou preso às ferragens e precisou ser resgatado pelos bombeiros. Segundo o médico da Autopista Litoral Sul, o volante do veículo teve que ser cortado pelos socorristas.

Outras duas vítimas do acidente são argentinos e estavam no ônibus que vinha de Balneário Camboriú com destino à Argentina. O estado deles, segundo a Autopista, inspirava cuidados. Juan Manoel, 74 anos, apresentava indícios de fratura no tórax e Nivea Martins, 68 anos, foi atendida com suspeita de fratura na pélvis. As dez vítimas foram encaminhadas para o Hospital Regional de São José e Celso Ramos.

Segundo a PRF/SC (Polícia Rodoviária Federal), há indícios de que o motorista do caminhão tenha dormido ao volante, mas ainda são informações preliminares. Os policiais rodoviários que atenderam a ocorrência disseram que o condutor teria cochilado e batido contra o ônibus argentino que foi sendo arrastado pela estrada até tombar - 16 passageiros viajavam no veículo.

O helicóptero Arcanjo, dos Bombeiros, o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e o serviço de pronto-atendimento da Autopista Litoral Sul estiveram mobilizados no socorro aos feridos. De acordo com a PRF, o trevo da Pinheira em direção ao Norte do Estado está sem fila e totalmente liberado. Já no sentido Sul há registro de três quilômetros de congestionamento e a liberação deve ocorrer somente no final da tarde. 

Com informações da repórter Alessandra Oliveira.

Publicado em 30/11/12-13:33