Para que serve, afinal, um museu?

Encontro com historiador Fernando Boppré sobre produção cultural e pesquisa em museus será realizado quarta (31), em Florianópolis

Carol Macário
Carol Macário


Florianópolis

Débora Klempous / ND
Fernando Boppré participa de encontro sobre museus, pesquisa e produção cultural

 

Um museu existe para quê? Se não para preservar, pesquisar e difundir conhecimento, os museus cairiam na simplória função de apenas aprisionar memórias e velharias. Nesta quarta (31), a Secretaria de Cultura e Arte e Museu Universitário Professor Oswaldo Rodrigues Cabral da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) promovem a oitava edição do projeto Museu em Curso, um encontro aberto à comunidade com o historiador Fernando Boppré sobre “Museu, Pesquisa e Produção Cultural”.

A conversa levanta reflexões acerca da pesquisa museológica e sua difusão nas comunidades por meio de projetos culturais. “A ideia da conversa é abordar esses três pontos – uma tríade indissociável, na minha opinião”, afirma Boppré. Segundo o historiador, a pesquisa deveria ser a base de todo museu. “Conhecer o acervo, sua origem, procurar expor da melhor forma possível, tudo isso é necessário para que se formule uma agenda cultural atrativa”, conclui.

Na Capital, o Museu Victor Meirelles é um dos poucos que se destacam por suas constantes atividades culturais e produção das próprias exposições. “Mas ainda falta pesquisa em relação ao acervo e à própria história em muitos museus”, afirma Boppré. Citado como bom exemplo de pesquisa e referência à própria história, o recém reinaugurado Masc (Museu de Arte de Santa Catarina) apresenta a exposição de longa duração “Masc – Tempo, Espaço e Arte”, uma mostra que faz um recorte da própria história e coloca seu acervo à disposição da população.

Mestre em História Cultural pela UFSC, Fernando Boppré é chefe de serviço do Museu Victor Meirelles, onde desde 2007 coordena o Projeto Agenda Cultural. É o atual presidente do Funcine (Fundo Municipal de Cinema de Florianópolis) e da Associação dos Amigos do Museu Universitário Professor Oswaldo Rodrigues Cabral, além de ser membro do Conselho Municipal de Políticas Culturais de Florianópolis. Boppré é também crítico e curador de artes visuais e mantém o blog Arte por Extenso desde 2006 (www.fernandoboppre.net/blog).

Serviço

O quê: Museu em Curso, palestra “Museu, Pesquisa e Produção Cultural”com Fernando Boppré
Quando: 31/8, 16h às 18h
Onde: Auditório do Museu Universitário, rod. Admar Gonzaga, 1.346, Trindade, Florianópolis, tel.  3721-8604
Quanto: Gratuito

Publicado em 30/08/11-08:33

Matérias relacionadas