Suspeitos de pertencerem a quadrilha de caixeiros são presos em Joinville

Oito homens e uma mulher foram presos, a maioria nos bairros Aventureiro e Iririú. Todos possuem mandado de prisão temporária

Thaís Moreira de Mira
Thaís Moreira de Mira


Joinville

Sete homens e uma mulher suspeitos de envolvimento no furto de um caixa eletrônico na cidade de São Francisco de Assis (RS), em janeiro passado, foram presos  no início da manhã desta terça-feira (10) em Joinville, durante operação conjunta entre a Polícia Civil de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul. Os mandados de prisão temporária foram expedidos pela justiça gaúcha e cumpridos nos bairros Paranaguamirim, Itinga, Vila Nova, Aventureiro e Iririú. A maioria nestes dois últimos bairros, conforme destaca o delegado Marcel de Oliveira, da DIC (Divisão de Investigação Criminal).

Fabrício Porto/ND
Entre os materiais apreendidos estavam maçaricos, equipamentos de proteção e rádios comunicadores

Entre os presos estão Rauf Bicca Nunes, 27 anos, a ex mulher dele Cláudia Verônica Corrêa Pereira, 42, Jeferson Damásio, 25, Vilson José Saramento, 49, Willys Maforte Oliveira, 30, Thiago José Luiz, 29, Juliano dos Santos Correia, 27 e Ademir Darrosi, 47. Eles seriam levados ainda nesta manhã para o Presídio Regional de Joinville e de lá recambiados para o Rio Grande do Sul, onde prestariam depoimento. 

Durante a operação foram apreendidas ainda ferramentas utilizadas no arrombamento de caixa eletrônico, inclusive maçarico, óculos e fone de ouvido, protetor para manuseio deste tipo de equipamento, três rádios comunicadores e blackout usado para impedir a visão de fora para dentro da agência bancária. Além de diversos celulares e máquinas fotográficas que passarão por perícia. 

Na casa de um dos presos foram encontradas também roupas semelhantes a usada pelos arrombadores no dia do crime, conforme as imagens do circuito interno de segurança da agência bancária. Ao todo, 65 policiais civis e seis da Polícia Rodoviária Federal do Rio Grande do Sul participaram da operação. Simultaneamente foram cumpridos mandados de busca e apreensão em Guaramirim e Rosário do Sul (RS). "O resultado foi 100% positivo", diz o delegado Marcel.

Publicado em 10/09/13-10:04