Dois assassinatos no final de semana

Em Joinville rapaz de 17 foi morto no Jardim Edilene. Em Barra Velha, briga de vizinhos termina em morte

Windson Prado
Windson Prado
Repórter de Segurança e Geral do Jornal Notícias do Dia Joinville


Joinville

Carlos Junior/ND
Leonilda tenta entender a brutalidade do assassinato que vitimou o mais velho de seus seis filhos

Pelo menos dois homens foram assassinados no final de semana em Joinville e Barra Velha. O primeiro caso foi na madrugada de sábado, 6,  no bairro Jardim Edilene, zona Sul de Joinville. Anderson Lemos, de 17 anos, foi assassinado quando voltava da casa da namorada. Antes de ser alvejado com cinco tiros, rapaz foi espancado.

O ajudante de pedreiro era o filho mais velho da zeladora Leonilda Teresa Lemos, 33 anos. Indignada com a brutalidade da execução de seu primogênito, a mulher conta que o filho havia levado a namorada para casa, que fica a cerca de seis quadras de onde ele morava. “Ele ficou a noite toda em casa, com a namorada. Era por volta das 3h quando ele foi levar a menina na casa dela”, detalha a mãe do garoto.

Quando eles passavam pela rua João Nicolau viram uma festa em uma casa. “Tinha umas pessoas lá na frente daquela casa que meio que cumprimentou ele (mexeram), mas ele não deu bola. O Anderson levou a namorada em casa e, na volta, quando passou pelo mesmo lugar, o pessoal foi novamente mexer com ele. Eles espancaram meu filho e depois atiraram na cabeça dele”, descreve a mãe de Anderson.

“Ele não era bandido, não mexia com droga. Não merecia morrer desta forma”, desabafa Leonilda. “Meu filho era uma pessoa boa, não tinha nenhum vício. Ele era amigo de todos, não tinha inimigos. A gente agora quer justiça. Ele não era drogado nem bandido para morrer deste jeito”, salienta.

Anderson e a namorada, de 14 anos, estavam juntos a cerca de dois meses. A menina esta assustada e disse para a família de Anderson que não sabe quem matou o namorado. A mãe do rapaz acredita que o crime possa ter relação com uma briga em que o filho se envolveu meses atrás.

Perto do local onde o adolescente foi executado, na noite anterior, um outro jovem havia sido assassinado quase da mesma forma. Edemilson da rosa, de 19 anos, teria sido abordado por quatro pessoas quando andava de bicicleta. Edemilson foi morto com três tiros na cabeça. A família diz acreditar que o crime ocorreu por engano.

Briga de vizinhos termina em morte em Barra Velha

Também no sábado, por volta das 16h50, uma desavença entre vizinhos terminou em morte. A vítima foi um rapaz de 31 anos. o crime aconteceu na rua David Espíndola, no bairro São Cristóvão.

Conforme informações do Corpo de Bombeiros Giovani dos Santos Padilha, 31 anos, teria ido tirar satisfação com um vizinho, quando foi atingido por um tiro no ombro. Quando o socorro chegou ao local, o homem estavam com hemorragia e parada cardiorrespiratória. Os bombeiros tentaram reanimar o homem, mas não tiveram sucesso. 

 

Divulgação
Anderson Lemos, mais uma vítima da violência da zona Sul 
Publicado em 07/08/11-20:12


Matérias relacionadas